Palavras de vida eterna

Dos Diários do Mosteiro – 03 de outubro de 2016

As palavras humanas têm um significado diferente da Palavra de Deus:
      sangue, céu, terra, aliança, coração, conhecimento

O sangue de Cristo, o sangue do Cordeiro, não é o sangue humano, animal, o sangue material, corporal.
O sangue do Cordeiro é matéria transcendental, sobrenatural, cujo significado ultrapassa a possibilidade de compreensão da mente humana.

Com uma palavra, sangue, enche-se a alma de significados que são apenas apontados pela palavra humana.
Somente a mente em oração consegue contemplar, e apenas parcialmente, o significado do sangue do Cordeiro, o sangue do Cristo derramado para salvação de nossas almas, para remissão dos nossos pecados.

Nossas almas foram alvejadas pelo sangue do Cordeiro.


Para viver no céu, para ter a experiência do céu, é preciso renunciar à terra.
Não é possível ter ambos, viver, habitar em ambos.
Quem renuncia à terra, consegue viver as delícias e os gozos da morada celeste, a morada do Pai que Cristo preparou para nós.
O céu é mais real para mim do que a terra.


Escutar com ouvido de discípulo e coração agradecido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s