Tear Divino

Dos Diários do Mosteiro – 17 de setembro de 2016.

A criação é uma tapeçaria, onde cada um de nós é um fio nas mãos de Deus, que tece nossas vidas.

Cada fio foi concebido antes do início do tear. Cada fio tem sua função na urdidura da criação. Não conhecemos os desígnios de Deus. Só quando olhamos de longe, do alto, podemos ver o desenho que é criado pelo emaranhamento dos fios. Há um propósito, um desígnio em cada movimento da agulha no tear, os fios são colocados propositalmente no lugar e na hora certa para a grande tecido da criação, na qual um magnificente desenho, uma belíssima arte é gerada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s