Vida Escondida em Cristo

Dos Diários do Mosteiro – 11 de setembro de 2016.
A semente precisa morrer para que viva, para que nasça em nova vida e produza frutos.
É o que Cristo me pede, que eu morra para viver nEle, para Ele.
A minha vontade é de permanecer na minha vida confortável, saudável, cômoda, bem-sucedida.
A minha vontade é de permanecer onde estou.
A vontade de Cristo é que eu dê a minha vida a Ele, que eu perca a minha vida para viver nEle.
É a cruz que ele me oferece, a morte que é o único caminho para a ressurreição.
A minha verdadeira vida está escondida em Cristo.… Leia mais Vida Escondida em Cristo

Filhos da Luz

A vida espiritual,
a vida cristã
é permeada de paradoxos
sempre a nos desafiar
em nossa lógica mundana, material,
simplista e linear:
é dando que se recebe,
é dividindo que se multiplica,
os últimos serão os primeiros,
a quem muito tem, mais será  dado,
é perdendo a vida que a ganhamos,
felizes são os aflitos,
rico é o que nada tem,
a verdade se oculta aos sábios e doutores,
os humildes são exaltados,
amai os inimigos,
dai a outra face ao que te agride…
paradoxos que só são compreendidos
à luz da fé,
paradoxos com os quais são tecidos
os mistérios da fé.
Um desses misteriosos paradoxos
é o da obediência:
é somente na obediência total a Deus
que somos verdadeiramente livres…… Leia mais Filhos da Luz

“Existem dois caminhos…”

Dos Diários do Mosteiro – 10 de setembro de 2016.
Esta é a primeira página do meu diário, foi esse o texto com que eu comecei a escrevê-lo.
Foi esse o momento em que tive a clareza e a certeza de que Deus estava me chamando para a vida monástica. Foi o momento em que disse ‘sim’ em meu coração, e entendi que precisava escrever sobre o que significava essa resposta. … Leia mais “Existem dois caminhos…”

Conhecereis a Verdade…

(…) Diante desta multiplicidade de verdades, que hoje são e amanhã podem não ser mais, somos levados a desacreditar no valor da verdade e na existência de uma verdade última e anterior a toda verdade. Vivemos numa cultura do instantâneo, do efêmero, do descartável. A ideia de uma verdade permanente, imutável, absoluta nos é estranha, incompreensível, impensável.… Leia mais Conhecereis a Verdade…

#1 Carta – Sobre minha entrada no Mosteiro

Filho amado,
Faltam poucas semanas para minha entrada no mosteiro. Sei que esta decisão de entrar para um mosteiro beneditino deixou minha família e meus amigos perplexos. Como é que alguém, aos 51 anos de idade, no auge da sua carreira profissional, cientista e pesquisadora, com uma renomada reputação internacional em sua área de atuação, vivendo plenamente sua liberdade e autonomia com todo conforto e bem-estar, resolve abandonar tudo para viver uma vida de pobreza, clausura, humildade e oração num pequeno mosteiro no interior do Brasil? … Leia mais #1 Carta – Sobre minha entrada no Mosteiro

#2 Carta – Sobre o que é Deus

Filho amado,
Vamos iniciar nossa travessia? Para navegarmos no mar das minhas experiências de Deus, precisaremos de palavras, esta será nossa barca. Contudo, será uma travessia permeada de metáforas, analogias, imprecisões e paradoxos porque a palavra é um veículo muito limitado para navegar nestes mares. É como tentar a travessia do oceano num pequeno bote à vela. Como conseguirei falar das minhas experiências de Deus para você usando palavras, se Deus, como eu o experencio, é o que dá origem a toda palavra, é o que possibilita que minha mente e nossas mentes criem palavras, é o que dá sentido e significado a toda palavra humana? … Leia mais #2 Carta – Sobre o que é Deus

#3 Carta – Sobre a vida no Mosteiro

Filho amado,
Hoje faz um mês que estou vivendo no mosteiro. Talvez você esteja se perguntando como é viver assim, separada do mundo, numa comunidade de oração e trabalho, sem as distrações e preocupações da vida no mundo. Realmente, a experiência é como a de viver num outro espaço-tempo, numa outra dimensão, como que num outro planeta.… Leia mais #3 Carta – Sobre a vida no Mosteiro