Segue-me!

Jesus, apesar de ser Deus, sofreu as tentações do diabo na sua humanidade, na sua natureza verdadeiramente humana. Ele sofreu as tentações como todos nós sofremos, mesmo sendo também Deus. Ele se deixou sofrer as tentações para nos mostrar o caminho, Ele nos deixou as pegadas para seguirmos seus passos, para sermos santos como Ele é santo. Jesus resistiu às tentações com a Palavra de Deus, ela é nossa arma, nosso escudo, nossa defesa contra as ciladas e insídias do Maligno. Jesus nos ensinou a vencermos o diabo com a espada da Palavra.

As três tentações que Jesus sofreu no deserto foram vencidas definitivamente pela entrega na Cruz. Ó meu Senhor! Vinde em meu auxílio! Que Mistério tão imenso, que abismo tão profundo que as palavras humanas não conseguem exprimir! Dai-me as palavras, Senhor, para dizer o que é maior que todas as palavras!

O diabo seduz o ser humano e o atrai com suas mentiras prometendo o prazer da carne (concupiscência da carne), as riquezas materiais (concupiscência dos olhos) e o poder do mundo com todo o seu orgulho (ostentação da riqueza). Os três conselhos evangélicos são o contra-ataque, a defesa direta contra estas tentações. Para vencer a concupiscência da carne, a virtude da castidade, da ascese, da continência, da mortificação da carne. Para vencer a concupiscência dos olhos, o voto de pobreza. Para combater a ostentação da riqueza, a virtude da humildade, que é cultivada pelo voto de obediência. Na Cruz, Cristo nos deixou o exemplo supremo, absoluto, dessas virtudes. No suplício físico, na dor excruciante, viveu o oposto absoluto do prazer; despido de tudo, até de suas vestes, viveu a pobreza absoluta; totalmente subjugado, preso à cruz, foi despojado de todo poder humano e viveu a absoluta humilhação. Ali, na Cruz, Jesus derrotou o diabo definitivamente vivendo, na sua entrega de Amor, o oposto  absoluto do que prometia o diabo com suas tentações. A Cruz foi a resposta definitiva de Jesus às tentações do diabo, por isso, ali, na Cruz, ele foi derrotado definitivamente.

Deus poderia ter derrotado o diabo de qualquer outra maneira que Ele quisesse. Mas Ele quis derrotá-lo assim, pela Cruz, para nos mostrar o caminho para nós também o derrotarmos no nosso coração. Ele nos deixou as pegadas. Cristo sofreu por vós deixando-vos um exemplo, a fim de que sigais os seus passos (1Pd 2,21b). Ele nos mostrou como podemos, na nossa humanidade, com o auxílio da sua Graça, da sua Palavra, vencer as tentações do diabo em nossos corações, sendo santos, seguindo suas pegadas na pobreza, castidade e humildade.

2 comentários em “Segue-me!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s