Respiração do Espírito

Orar é tão fundamental para mim como respirar.

Orar é a respiração do Espírito, é o sopro do Espírito em meu coração.

É o Espírito que sopra, que respira em mim.

Orar é viver a comunhão com Deus, com a Trindade Santa.

Na verdade, não sou eu quem oro, é o Espírito quem ora em mim, por Cristo, para o Pai.

Orar, para mim, é viver.  Quando oro, estou viva, me sinto viva, tenho a vida em mim.

A oração não são apenas palavras que saem da minha boca, da minha mente ou do meu coração. As palavras comunicam a oração, mas é preciso que o coração e a mente habitem a palavra que pronunciam.

Orar é habitar a Palavra.

É se deixar habitar pela Palavra, é deixar a Palavra, o Verbo, o Cristo habitar em mim.

Orar é me esvaziar, é silenciar meus ruídos, é calar meu eu, meus desejos, meus quereres e me unir ao querer de Deus, à vontade de Deus, é querer com Deus, é ser uma só vontade com Ele.

Orar é me abandonar, me entregar ao amor de Deus.

É amar com Deus, é estar em comunhão com Ele, no seu amor.

Orar é escutar Deus sussurrando em meu coração, como uma brisa suave.

Orar é buscar Deus acima de tudo, é amar Deus acima de tudo, é querer ver a face de Deus, é contemplar Deus para o louvor de sua glória, é glorificar a Deus.

Orar é estar com Deus, é habitar na sua paz.

Orar é um silêncio da alma que vê a Deus e o contempla no seu amor.

Um comentário em “Respiração do Espírito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s