#11 Carta – Sobre minha experiência da Igreja

Filho amado,
Sei que muitos dos meus amigos e familiares estão até conseguindo compreender e aceitar a extensão e radicalidade das minhas experiências espirituais, mas sei que ainda encontram grande dificuldade em compreender e aceitar o meu retorno ao catolicismo. Sei que existe, em muitos deles, um forte sentimento anticatólico que provoca uma grande perplexidade em relação às minhas experiências religiosas dentro da Igreja Católica.
Eu compreendo perfeitamente estes sentimentos anticatólicos porque eu também os sentia! Por isso, quero tentar compartilhar com você e com eles, nesta carta, o que mudou em mim em relação à Igreja, e o que ela significa, para mim, hoje.… Leia mais #11 Carta – Sobre minha experiência da Igreja

#10 Carta – Sobre o significado de ‘pecado’

Filho amado,
Nesta carta, eu quero compartilhar com você as minhas reflexões e o meu entendimento a respeito de uma palavra, de um conceito, muito difícil, muito controvertido e incompreendido, que é o conceito de “pecado”. Como psicóloga e, ainda por cima, como psicóloga humanista, eu sempre tive muita resistência a usar essa palavra. Ela me parecia ser o resquício de uma mentalidade religiosa primitiva e irracional. … Leia mais #10 Carta – Sobre o significado de ‘pecado’

#9 Carta – Sobre a linguagem da fé

Filho amado,
Sei que a linguagem religiosa que estou utilizando em muitos dos meus textos soa arcaica e anacrônica para a mentalidade e cultura contemporâneas. Tenho utilizado palavras e símbolos do “imaginário” católico que são muito fortes e dramáticos para o mundo secular de hoje: sangue, sacrifício, cordeiro imolado, pecado, salvação, cruz… Sei que essa linguagem choca, causa estranhamento e até mesmo repulsa para o ouvido moderno, liberal, culto e racional.… Leia mais #9 Carta – Sobre a linguagem da fé

#7 Carta – Sobre minha experiência de Jesus

Filho amado, em todas as cartas que eu lhe escrevi até agora, omiti intencionalmente duas palavras. Elas são tão fundamentais para minha experiência e, ao mesmo tempo, tão distorcidas, mal compreendidas, espoliadas e exploradas, que evitei mencioná-las propositalmente até que pudesse navegar com você, com calma, através dos significados que elas têm para mim. Depois de tantos preâmbulos (5 cartas!), acho que agora já consigo achar uma forma, um caminho, uma linguagem para começar a falar com você sobre a minha experiência pessoal de “Jesus Cristo”.… Leia mais #7 Carta – Sobre minha experiência de Jesus

#5 – Carta de despedida do Mosteiro

Querida Madre e queridas irmãs. Meu coração pesa neste dia em que parto, com tristeza e saudades antecipadas. Faltam-me as palavras para expressar minha gratidão pelo carinho e cuidado com que fui recebida por vocês desde minha primeira chegada. Também me faltam as palavras para expressar minha admiração pelo carinho e cuidado que vocês dedicam cotidianamente, continuamente, ao Cristo, Nosso Senhor.… Leia mais #5 – Carta de despedida do Mosteiro

#1 Carta – Sobre minha entrada no Mosteiro

Filho amado,
Faltam poucas semanas para minha entrada no mosteiro. Sei que esta decisão de entrar para um mosteiro beneditino deixou minha família e meus amigos perplexos. Como é que alguém, aos 51 anos de idade, no auge da sua carreira profissional, cientista e pesquisadora, com uma renomada reputação internacional em sua área de atuação, vivendo plenamente sua liberdade e autonomia com todo conforto e bem-estar, resolve abandonar tudo para viver uma vida de pobreza, clausura, humildade e oração num pequeno mosteiro no interior do Brasil? … Leia mais #1 Carta – Sobre minha entrada no Mosteiro

#2 Carta – Sobre o que é Deus

Filho amado,
Vamos iniciar nossa travessia? Para navegarmos no mar das minhas experiências de Deus, precisaremos de palavras, esta será nossa barca. Contudo, será uma travessia permeada de metáforas, analogias, imprecisões e paradoxos porque a palavra é um veículo muito limitado para navegar nestes mares. É como tentar a travessia do oceano num pequeno bote à vela. Como conseguirei falar das minhas experiências de Deus para você usando palavras, se Deus, como eu o experencio, é o que dá origem a toda palavra, é o que possibilita que minha mente e nossas mentes criem palavras, é o que dá sentido e significado a toda palavra humana? … Leia mais #2 Carta – Sobre o que é Deus

#3 Carta – Sobre a vida no Mosteiro

Filho amado,
Hoje faz um mês que estou vivendo no mosteiro. Talvez você esteja se perguntando como é viver assim, separada do mundo, numa comunidade de oração e trabalho, sem as distrações e preocupações da vida no mundo. Realmente, a experiência é como a de viver num outro espaço-tempo, numa outra dimensão, como que num outro planeta.… Leia mais #3 Carta – Sobre a vida no Mosteiro